Fenatib recebe 5 mil pessoas nos quatro primeiros dias

Organização do 21º Festival Nacional de Teatro para Crianças e Jovens comemora casa cheia em todos os espetáculos.

Bolha Iluminada / Divulgação

Os organizadores do 21º Festival Nacional de Teatro para Crianças e Jovens (21º Fenatib) estão satisfeitos com o fluxo de público nos quatro primeiros dias do evento. Desde sexta-feira até esta segunda-feira, dia 16 de abril, cerca de 5 mil pessoas compareceram aos locais dos espetáculos. A expectativa é de que até o 20 de abril 12 mil pessoas prestigiem as 40 apresentações programadas para o festival voltado para crianças e jovens. Para maior comodidade dos frequentadores, os ingressos são liberados gratuitamente 30 minutos antes de cada espetáculo. Acesse o site fenatib.com.br e escolha a atração e o horário de sua preferência.

Os espetáculos ocorrem no Auditório Willy Sievert, que tem capacidade para 226 pessoas, e no Auditório Heinz Geyer, para 790 espectadores, ambos no Teatro Carlos Gomes. As apresentações também estão previstas para a Fundação Culural, Casa São Simeão e palcos públicos alternativos. Até a próxima sexta-feira, dia 20 de abril, o público poderá acompanhar 15 espetáculos com grupos provenientes de nove estados. A expectativa dos organizadores é atingir 12 mil espectadores nas 40 apresentações programadas. O festival é uma realização do Ministério da Cultura, Fundação Cultural de Blumenau e Inarti.

Brincando com Lixo / Divulgação

Já passaram pelo festival as peças Vozes de Abrigo, com a Cia. Laica (Curitiba/PR), A Festa do Pijama, com o Grupo Oriundo de Teatro (Belo Horizonte/MG), Fadas, com Essa É Cia (Joinville/SC), Bolha Luminosa – O Marujo e a Tempestade, com a Cia. Teatro Lumbra (Porto Alegre/RS), Acampatório, com a Cia. Truks (São Paulo/SP), Boquinha… E assim surgiu o Mundo, com o Coletivo Preto (Rio de Janeiro/RJ), e Brincando com lixo, com a Cia. Beto Malabares (Gaspar).

Fadas / Divulgação

Nesta terça-feira, estão previstas mais sete apresentações: o Grupo Esparrama, de São Paulo (SP), traz para o festival a peça Fim?; o Grupo K Teatro apresenta O Tapete de Maria; Detalhe Teatro estará no palco com o espetáculo Um Sonho; e Mamulengo Sem Fronteira, de Brasília (DF) marca presença com Exemplos de Bastião. Acesse a programação completa no site http://fenatib.com.br/programa.

 

Saiba mais

Espetáculo: Fim?

Grupo Esparrama (São Paulo/SP)

Autoria: Grupo Esparrama

Direção: Iarlei Rangel

Faixa etária: a partir dos 5 anos

Duração: 50 minutos

Horários: 9h, 15h e 19h30

Local: Auditório Willy Sievert – Teatro Carlos Gomes

Sinopse: O trabalho retrata o fim dos tempos. Tudo está destruído e só sobraram lixões, campos de guerra, estranhos muros, restos lamacentos de um rio doce e… Duas baratas: Beatriti e Margueriti que, juntas, comemoram este fim.Elas acreditam que agora o mundo será apenas das baratas. Mas o que elas não sabem é que outros dois seres esquisitos e muito atrapalhados também sobreviveram: os palhaços Batatinha e Nerdolino, que agora perambulam pelo mundo com um mapa, uma semente e muita esperança. Empenhados em encontrar um novo começo para a humanidade, eles não desconfiam que estão sendo observados pelas baratas, que criarão divertidas armadilhas para “ajudá-los” a entender que o mundo delas é bem melhor sem eles… Será o Fim?

 

Espetáculo: O Tapete de Maria

Grupo K Teatro (Blumenau)

Autoria: Simone Cosac Naify

Adaptação do texto: Nicoli Pereira

Direção: Nicoli Pereira

Faixa etária: a partir dos 2 anos

Duração: 40 minutos

Horário: 9h30 e 15h30

Local: Auditório Willy Sievert – Teatro Carlos Gomes

Sinopse: Maria e Stéfano amaram-se à primeira vista e jurando amor eterno casaram. Todos os habitantes da cidade admiravam o amor do casal. Porém, os jovens apaixonados foram separados subitamente por uma guerra. Stéfano devia partir e a sina de Maria era esperar. Os anos se passaram e um belo dia Maria teve uma ideia: tecer um grande tapete com as cores do arco-íris para, através do céu, para encontrar Stéfano. Será o tapete mágico? Ela conseguirá rever seu grande amor?As respostas para essas perguntas estão entrelaçadas nesta delicada história sobre fé, amor e solidariedade em tempos de chumbo. Uma história de amor à moda antiga…

 

Espetáculo: Um Sonho

Detalhe Teatro (Blumenau)

Autoria: Detalhe Teatro

Direção: Coletiva

Faixa etária: a partir dos 11 anos

Duração: 45 minutos

Horário: 19h

Local: Auditório Willy Sievert – Teatro Carlos Gomes

Sinopse: De modo expressionista e com um tom de comicidade a peça “Um Sonho” retrata situações vividas dentro de um ambiente familiar não muito sadio, trazendo à cena situações de exploração do trabalho infantil na família, abuso de álcool e outros conflitos inerentes a essas realidades. Nesse contexto, “Um Sonho” propõe as resoluções dos conflitos com soluções encontradas dentro da própria estrutura desta família

 

Espetáculo: Exemplos de Bastião

Mamulengo Sem Fronteiras (Brasília/DF)

Autoria: Walter Cedro

Direção: Walter Cedro

Faixa etária: a partir dos 3 anos

Duração: 50 minutos

Horário: 15h30

Local: Praça do Teatro Carlos Gomes

Sinopse: As brincadeiras de teatro de bonecos, populares do Nordeste, resultam neste espetáculo vibrante que se utiliza de diversas linguagens do Mamulengo, Babau, Cassimiro Côco e outros nomes, levando aos palcos, ruas, praças e todas as idades de públicos, a magia espetacular dos bonecos e brincantes do Mamulengo Sem Fronteiras. No espetáculo Exemplos de Bastião, o grupo retrata a dramática e brilhante história do herói Bastião, um palhaço de folia de reis que se mete em grandes confusões com o capitão João Redondo e até bichos do além para casar com a linda e maravilhosa Rosinha do Bole-bole. Para finalizar a brincadeira, além do casamento de Bastião com a Rosinha, ocorre um batizado que se transforma em uma grande festa embalada pela música ao vivo e brincantes pelo o público presente

 

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello